Laser para Roncopatia e Apneia do Sono

Recentemente, na nossa clínica contamos com um novo recurso: a última geração da tecnologia laser com diferentes aplicações em tratamentos de Medicina Dentária e Medicina Estética. Mas as potencialidades desta tecnologia não se nas intervenções já previstas nestes segmentos.

Na MD Clínica o mesmo sistema laser poderá ser a solução indicada para tratar o Síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono.

 

A tecnologia laser ao serviço do seu sono

Este tratamento indolor, com recurso à tecnologia laser, consiste em várias sessões efectuadas em diversas zonas da cavidade oral, retraindo as mucosas e o palato mole para permitir uma maior abertura das vias aéreas superiores e a consequente redução da roncopatia e crises de apneia (falta de ar durante o sono).

Será feita uma contracção de todos os tecidos do palato mole e em redor sem inflamação.

A sua ação tem resultados logo após a primeira sessão, sendo que, por norma, o tratamento completo necessita de 5 sessões.

Os problemas de sono são frequentemente ignorados por serem considerados “normais”, contudo não há nada de normal em ressonar, acordar cansado ou sentir falta de ar durante o sono.

Estima-se que 1 em cada 4 adultos sofrem de apneia do sono.

Se é um deles, não deixe de nos contactar para resolver de vez este problema.

 

O que é o Síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono?

O Síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono – SAOS – é um distúrbio respiratório que se caracteriza por paragens respiratórias durante o sono. Estas paragens designam-se por apneias e podem ter duração e frequência variáveis.

Durante estes episódios existe um colapso e uma obstrução das vias aéreas superiores, o que impossibilita a passagem do ar. É definida pela cessação temporária da respiração, por mais de dez segundos, causando um colapso, seja por redução ou por paragem do fluxo de ar para os pulmões.

A duração dos intervalos pode variar entre alguns segundos a vários minutos, estas interrupcões breves e repetidas na respiração provocam um sono fraccionado e não reparador.

Nos adultos temos a seguinte classificação:

  • Ligeira: entre 5 e 15 eventos por hora
  • Moderada: se ocorre entre 15 e 30 eventos por hora
  • Grave: superior a 30 eventos por hora

O nosso tratamento com laser garante-lhe excelentes resultados no síndrome leve e moderado; no caso do síndrome grave, vai melhorar muito, mas este não desaparece.

 

Consequências deste síndrome

  • Sonolência diurna excessiva devido à má qualidade do sono, comprometendo a capacidade intelectual e desempenho das atividades diárias. Eleva o risco de acidentes de viação e acidentes de trabalho
  • Distúrbios respiratórios
  • Doenças cardiovasculares: hipertensão e arritmias
  • Distúrbios psicológicos e intelectuais: dificuldades de atenção e concentração, colapso nervoso, entre outros; possíveis mudanças frequentes de humor, estado de ansiedade, dor de cabeça (especialmente na parte da manhã) e irritabilidade

 

Diagnóstico

Em muitos casos, o paciente não tem conhecimento dos episódios de apneia e são os familiares que se apercebem dos sintomas, especialmente durante a noite. Por esta razão, o casal ou a família do doente têm um papel fundamental na deteção de eventuais sintomas desta patologia, pois são quem deteta a existência de um ronco alto, movimentos corporais frequentes e paragens respiratórias.

Note-se que nem todas as pessoas que ressonam ou têm sintomas semelhantes aos descritos sofrem de Apneia Obstrutiva do Sono, existem outros distúrbios e doenças que podem causar sonolência diurna e sono de má qualidade.

Para diagnosticar o paciente devera fazer uma polissonografia na clínica ou fora.

 

Se tiver interesse neste tratamento, deverá agendar consulta para a Dra. Alexandra Marques.

Nesta marcação, indique, por favor, que se trata do tratamento de Síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono; existem exames prévios obrigatórios.

 

 

 

VER TAMBÉM:

Tratamentos de Medicina Dentária com Laser

Tratamentos de Estética Facial com Laser